Baixo Suíça celebra a diversidade nesta sexta-feira

Campanhas de organizações suíças e da prefeitura do Rio de Janeiro serão exibidas no telão e uma festa da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do Rio encerrará o dia

Hoje, dia 16, o Baixo Suíça promove o Swissando Diversidade, que tem como objetivo conscientizar as pessoas contra o preconceito de todas as formas. Para marcar o momento, haverá o hasteamento da bandeira LGBT e exibição de campanhas contra homofobia no Brasil e Suíça, a partir das 20h.

As instituições suíças Pink Cross, a maior organização LGBT da Suíça, e a Red Card for Homophobia, que tem como objetivo conscientizar e por fim na homofobia no futebol, estarão representadas no telão com suas respectivas campanhas pela luta da diversidade sexual. Em 2005, a Suíça se tornou o primeiro país a aceitar o referendo para introduzir a lei que permite casamentos de pessoas do mesmo sexo.

“Atualmente, nosso país é ativamente envolvido em tópicos contemporâneos como o desenvolvimento da lei familiar, a luta contra a descriminação da orientação sexual e assegurar direitos humanos aos transgêneros e o direito à diversidade”, explica Christophe Vauthey, cônsul geral adjunto da Suíça.

A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do Rio (Ceds), liderada por Carlos Tufvesson, também participará da ação com a exposição de banners contendo frases de conscientização e a exibição do filme da campanha “A Sua Voz Na Luta Contra o Preconceito”, que contou com a participação de diversos atores como Gloria Pires, Paolla Oliveira, Bruno Gagliasso e Alexandre Borges. Para encerrar o dia, a Ceds promoverá uma festa gratuita e aberta ao público contra a homofobia com o DJ Marquinhos Mesquita e um convidado especial, o medalhista olímpico de vôlei Giba.

Para a Suíça, a causa LGBT, assim como o apoio à diversidade, é importante pois representa a segurança da individualidade e direitos humanos.

“Desde a metade do século XIX, a Suíça vem desenvolvendo uma longa tradição na defesa dos direitos humanos. A visibilidade do nosso engajamento é maior, pois Genebra é a capital mundial dos direitos humanos. Hoje, a Suíça está fortemente focada em garantir o respeito dos direitos da criança, idosos, LGBT, portadores de necessidades especiais e minorias culturais”, explica Christophe.

Swissando Diversidade @ Baixo Suíça
Data: 16 de setembro
Horário: 20h
Local: Campo de Beisebol da Lagoa Rodrigo de Freitas, em frente ao Corte do Cantagalo 

Online:

Swissando www.swissando.com.br; www.facebook.com/swissando www.instagram.com/swissando

House of Switzerland www.houseofswitzerland.org https://www.facebook.com/houseofswitzerland/ https://twitter.com/hofswitzerland

DEIXE UM COMENTÁRIO