Baixo Suíça apresenta o Projeto Social Baseball Escolar

Além da reforma do campo de beisebol na Lagoa, o consulado suíço apoiará quatro núcleos de ensino da modalidade esportiva como legado das Olimpíadas 2016

No dia 10 de setembro, às 9h30, será anunciado oficialmente o apoio do Consulado da Suíça ao Projeto Social Baseball Escolar, que tem como objetivo promover a inclusão e o desenvolvimento humano de jovens e crianças residentes em áreas de vulnerabilidade social. O anúncio será feito no Baixo Suíça, com a presença do cônsul Giancarlo Fenini e do coordenador do projeto Uilson Barbosa Oliveira. A ação faz parte do legado que a Suíça vai deixar no Rio, que inclui ainda a reforma do campo na Lagoa Rodrigo de Freitas.

Fundado em 2012, o Projeto Social Baseball Escolar atende hoje a 110 alunos, de 9 a 16 anos, em quatro núcleos de iniciação e desenvolvimento: Irajá, Rocinha, Ramos e Duque de Caxias. Com o apoio do Consulado da Suíça, o projeto poderá contar com novos uniformes e outras despesas de treinamento. “O patrocínio do consulado da Suíça nos permitiu abrir um novo núcleo em Duque de Caxias, além de poder padronizar o uniforme e pagar os instrutores e assistentes”, comemora Uilson.

O Projeto Social Baseball Escolar 2016-2017 é a concretização de uma estratégia que oferece a todos os alunos orientação esportiva e técnica, acompanhamento e material de forma totalmente gratuita, fortalecendo características do esporte como espírito de equipe, formação moral, disciplina e força de vontade. “Para nós é importante apoiar o esporte como um meio de desenvolvimento social. Escolhemos o beisebol pois é um esporte democrático, que pode ser praticado em qualquer lugar, só precisando de uma bola e de taco. Queremos tirar as crianças das ruas e do tráfico através do esporte, mostrando que é possível ter um futuro diferente”, explica Fenini.

Os alunos que se destacarem no projeto terão a chance de abrir portas para uma carreira internacional, podendo ser selecionados para treinar no centro de alto rendimento de beisebol, em São Paulo, e participar da peneira da Elite Camp. Além disso, os alunos terão contato com a prática de esporte como um todo, podendo seguir uma carreira nessa área.

“Dois alunos da primeira etapa do projeto são professores e estão fazendo faculdade de educação física com bolsa integral. O beisebol no Brasil está crescendo bastante, principalmente entre os adultos, e agora estão vindo as crianças. Daqui a cinco a dez anos teremos uma geração de time de beisebol muito forte no Brasil”, comemora Uilson.

Para celebrar a nova parceria, o Baixo Suíça contará com uma estrutura móvel, em que os visitantes poderão praticar o esporte nos dias 10 e 11 de setembro, a partir das 11h.

Baixo Suíça (House of Switzerland)
Endereço: Lagoa Rodrigo de Freitas, campo de beisebol, perto do Corte do Cantagalo
Funcionamento: até 18/09
Horário: Segunda a Domingo, das 11h às 23h.

DEIXE UM COMENTÁRIO