Bairro de Santa Felicidade é a sexta parada oficial do Sopros, palhaços e alegria

Foto: Rosano Mauro Jr
Foto: Rosano Mauro Jr

Em tempos de crise, orçamentos enxugados e filas de desempregados aumentando diariamente, a cultura é um dos primeiros, ou o primeiro item a ser cortado da lista das pessoas. Sendo assim, iniciativas culturais a preços populares são bem-vindas. Gratuitas? Melhor ainda!

É o caso de Sopros, palhaços e alegria, projeto marcado pela fusão de música instrumental, com ênfase em sopros, percussão, números teatrais e circenses. Itinerante, já circulou por seis Ruas da Cidadania da capital paranaense, em apresentações jocosas, feitas por nove artistas vestidos e maquiados por Mariana Zanette.

Na parte musical, o público confere as performances de Audryn Souza (trompete) Bruno Brandalise (tuba) Carlos Ferraz (percussão) Daniel Miranda (clarinete e saxofones) Denis Mariano (percussão), Marcela Zanette (flauta) e Sérgio Coelho (trombone).

Reforçando a proposta sonora, que revive as saudosas bandas de coreto, o grupo, vestido a caráter, aumenta o fator lúdico com os desempenhos dos artistas circenses Fábio Salgueiro e Marina Prado. O resultado é uma grande festa a céu aberto, guiada por músicas de famosos compositores brasileiros e trabalhos autorais, levando a população a genuína música brasileira.

Para conferir tudo isso de perto, basta estar, nessa sexta (15), às 9h, na Regional Santa Felicidade. O endereço fica na Avenida Manoel Ribas, 6680, Santa Felicidade. Para quem viu esse trabalho nascer, há quase 2 anos, no Paiol, com outra formação, nome e proposta, já sabe; para quem não conhece e ficou curioso, está chegando o dia. Não perca!

DEIXE UM COMENTÁRIO