Baião de Dois lança cachaça própria

Baião de dois com Carne de Sol, farofa e queijo coalho

O restaurante Estação Baião de Dois, reduto nordestino no coração do Rio, localizado na Feira de São Cristóvão, lança cachaça própria fabricada na cidade do Rio. A Cachaça Baião de Dois é produzida pela cachaçaria Petisco da Vila, localizada no Shopping Nova América. São duas versões: Carvalho Francês (R$ 9,40 a dose e R$ 57,30 a garrafa); e Prata (R$ 6,20 dose e 50,90 a garrafa).

Cachaça Baião de Dois

As novas cachaças são servidas como aperitivo, como digestivo ou mesmo para harmonizar com as receitas tipicamente nordestinas da casa.

Entre as sugestões, destaque para o bolinho de aipim com queijo coalho (R$ 24,15 10 unid.); e para o clássico torresmo (R$ 18,90). Entre os pratos principais, as sugestões para harmonizar são a carne de sol com baião de dois, purê de macaxeira, paçoca de carne de sol e manteiga de garrafa (R$ 82,50 p/ duas pessoas); e o Camarão na Moranga servido com arroz branco e farofa de dendê (R$ 121,80 p/ duas pessoas). Para a sobremesa, destaque para a Cartola de Banana (R4 18,70).

Estação Baião de Dois
Endereço: Av. do Nordeste, lj a6, a7, a8 e a14 – s/nº – Campo de São Cristóvão
Telefone: 21 2589-4205 / 3860-4453
Metrô a menos de 500 metros: Campo de São Cristóvão – Estação de São Cristóvão (2,1 km)
Número de lugares: 480 lugares

Horário de funcionamento:
TER à QUI – 11:00 às 17:00
SEX à SÁB – 11:00 às 00:00
DOM – 11:00 às 20:00

Cartões de crédito: VISA, MASTER, AMERICA EXPRESS E ELO
Cartões de débito:  ELECTRON,  MAESTRO E ELO
Cartões de refeição: ALELO, SODEXO E VISA VALE
Tíquetes: TICKET REFEIÇÃO
Cheque: NÃO
Estacionamento: SIM (PRÓPRIO DA FEIRA DE SÃO CRISTÓVÃO)
Manobrista: NÃO
Couvert: A FEIRA COBRA ENTRADA SEX À SÁB A PARTIR DAS 18H E DOMINGO A PARTIR DAS 11H 
Couvert artístico: NÃO
Vinho em taça: SIM
Rolha: SIM 

Acesso para deficientes físicos: SIM
Área para fumantes: NÃO
Menu ou atividades para crianças: NÃO 
Entrega em domicílio: NÃO
Wireless: SIM
Site: www.baiaodedois.com.br

Aberto em que ano: 1997

DEIXE UM COMENTÁRIO