Baia lança “A Fúria do Mar”

Álbum chega às plataformas digitais com 13 faixas

Divulgação
Divulgação

Baia está promovendo neste ano de 2016 o o álbum “A Fúria do Mar”, lançado nas plataformas digitais – Spotify, Deezer, Apple Music, iTunes e Google Play. O disco dá sequência ao EP “Ladrão Que Rouba Ladrão”, no qual o artista apresentou aos fãs três das 13 faixas presentes no novo álbum.

“Fúria do Mar” conta com canções autorais inéditas, como “Malabar” e “Suíte Bourbon 1407”, e também traz releituras de músicas compostas por parceiros e amigos de sua geração, como “Caio No Suingue”, de Pedro Luis, e a faixa-título, também inédita, “A Fúria do Mar”, de Gabriel e Pedro Moura. As três faixas do EP recém-lançado – “Ladrão Que Rouba Ladrão”, “Toda” e “Dora” – também compõem o repertório deste disco, o nono da carreira do artista. O álbum ainda traz as canções “Namoro”, “Muda”, “Tem Fila”, “Caio no Suingue”, “Montanha”, “Vagabundo Confesso” e “Pode o Céu Cair”.

A banda traz Caesar Barbosa na guitarra, Carlos Sales na bateria, Wlad no baixo e Fabrizio Iorio nos teclados. O disco foi mixado por Marcelo Saboia, com masterização de André Dias (Post Modern Mastering) e sua capa foi confeccionada em alto-mar por Duda Simões (Agência Tangerina).  “Gravamos na Montanha, estúdio do produtor musical do álbum, Shilon Zygiel, em Vargem Grande.  Tudo em família, prezando pelo espírito. Um disco que foi gravado para ser tocado ao vivo”, afirma Baia. 

Baia ganhou sua primeira filha, Dora, em 2014. A paternidade, inclusive, fez parte do processo criativo deste novo trabalho. “Esse disco é o produto da minha Licença Paternidade. Das músicas que nasceram junto com a minha filha Dora, em seu primeiro ano de vida”, conta o cantor. “Entre trocas de fraldas, banhos e mamadeiras, eu sempre tocava para ela novas canções em seu nome, músicas que eu estava fazendo no período e outras antigas melodias que haviam marcado a minha vida, pois vinham de parceiros e amigos com quem vivi aqueles anos todos, antes dela chegar”, completa.

“A fúria do mar desborda das águas para as massas e tudo o mais que se move. Os ânimos, as reviravoltas da História, os perigos eminentes, a força do amor, a segurança do abraço, o nascimento e a morte, a presença rochosa das guerras pela paz são forças naturais que nortearam este disco”, diz Baia.

Sobre Baia
Baia iniciou sua carreira em 1992, com sua banda Baia e RockBoys, com quem lançou 3 discos, (“Na Fé”, em 1995, “Overdose de Lucidez”, em 1998, e “Entrada de Emergência”, em 2001). Com o falecimento de Tonho Gebara, seu parceiro e guitarrista da banda, seguiu em carreira solo lançando os discos “Habeas Corpus”, em 2006, “4 Cabeça”, em 2009, “Baia no Circo – CD e DVD”, em 2010, “Com a Certeza de Quem Não Sabe Nada”, em 2013, “Do Romantismo à Roma Antiga”, em 2014, e, em 2015, o EP “Ladrão que Rouba Ladrão” e o álbum “A Fúria do Mar”.

Baia “Fúria do Mar”

Faixas: 13

1)  A FÚRIA DO MAR (Gabriel Moura / Pedro Moura)

2)  TODA (Marcos Bassini)

3)  NAMORO (André Saisse)

4)  MUDA (André Gardel / Luis Carlinhos)

5)  TEM FILA (Gabriel Moura / Jovi Joviniano / Carlos Negreiros / Maurício Baia)

6)  CAIO NO SUINGUE (Pedro Luis)

7)  MONTANHA (Gustavo Macacko / Perez Lisboa)

8)  VAGABUNDO CONFESSO (Nestor Capoeira)

9)  LADRÃO QUE ROUBA LADRÃO (Maurício Baia / Gustavo Macacko / Luciano Luck)

10)  DORA (Maurício Baia)

11)  MALABAR (Maurício Baia / Gabriel Moura)

12)  PODE O CÉU CAIR (Tonho Gebara / Shilon Sygiel)

13)  SUÍTE BOURBON 1407 (Maurício Baia / Renato de Moraes)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui