Após exibição nos cinemas, o filme Metanoia é lançado em DVD e VOD

São Paulo – Pouco mais de três meses após surpreendente estreia nos cinemas brasileiros, Metanoia – Mães de Joelhos, Filhos de Pé será lançado em VOD e DVD. O longa que levou mais de 57 mil pessoas às exibições das telonas, estará disponível para venda a partir do dia 26 nas plataformas On Demand  do iTunes e Google Play. E a partir do dia 28 poderá ser adquirido no formato DVD nas livrarias Cultura, da Folha, da Villa, Saraiva, Videira Verdadeira e Aliança Produções. Preço sob consulta. A distribuição está a cargo da O2 Play e Europa Filmes.

Diretor de Metanoia, Miguel Nagle comemora a mais nova conquista do longa-metragem independente que provou que é possível entrar de maneira excelente para o cenário cinematográfico. “Estar nas salas de cinema do Brasil exibindo a todo esse público foi um privilégio. Agora com os lançamentos em VOD e DVD a expectativa aumenta, porque muitas pessoas não conseguiram assistir nos cinemas ou porque a sala estava lotada ou porque o filme não foi para a sua cidade. Então agora mais do que nunca teremos a oportunidade de espalhar esperança, por meio do VOD e do DVD o filme estará em todas as cidades”, disse. 

A estreia de Metanoia nos cinemas aconteceu dia 14 de maio e em seis semanas o filme foi exibido em 105 salas em todo o Brasil. Agora legendado em inglês e espanhol, Metanoia poderá ser visto em 92 países. “São 92 praças diferentes no mundo. Com isso o projeto ganha outra dimensão. Agora o longa pode entrar nos diversos lares e é muito gratificante poder usar dessa ferramenta para levar uma mensagem de esperança para o espectador”, completou.

Filme Metanoia é mensagem de esperança para drama contemporâneo: dependência do crack

​Elenco conta com C​aíque Oliveira, Caio Blat, Lucas Hornos, Thogun Teixeira, Sílvio Guindane, Solange Couto e Einat Falbel

​Ficção gravada na Cracolândia, em São Paulo, o filme ​Metanoia  ​chegou aos cinemas brasileiros dia 14 de maio com uma importante missão: espalhar uma mensagem de esperança, principalmente, entre àqueles que direta ou indiretamente sofrem com um dos maiores dramas da contemporaneidade: a epidemia do vício do crack. Dirigido por Miguel Nagle, com quem o ator protagonista Caíque Oliveira assina o roteiro, Metanoia é um alerta sobre a epidemia que tem devastado famílias inteiras, mas a importância do longa-metragem vai além das cenas projetadas no telão. Parte da renda arrecadada com a sua exibição será destinada à construção de uma clínica de tratamento para artistas usuários dependentes do crack.

Co-produção da Companhia de Artes Nissi e 4U Films, Metanoia ​entrou para o circuito nacional de filme brasileiros, por meio da distribuidora Europa Filmes. O longa retrata a luta desesperada de Solange (Einat Falbel) contra o vício de seu filho Eduardo (Caíque Oliveira), que ao conhecer a droga, se entrega até chegar no fundo do poço.

Segundo pesquisa encomendada pelo Ministério da Justiça à Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), publicada em 2014, no Brasil há 370 mil usuários regulares dependentes do crack. Número que corresponde a 0,8% da população das capitais do país e a 35% dos consumidores de drogas ilícitas nessas cidades. Além disso, 14% deste total são crianças e adolescentes, o que equivale a mais de 50 mil usuários. No entanto, alguns estudiosos calculam que esta realidade seja até três vezes maior. Ainda de acordo com o estudo, 78,9% dos usuários da droga desejam se tratar, mas falta acesso à algum tipo de tratamento.

Sucesso na novela Império, exibida pela TV Globo, o ator Caio Blat aceitou o papel de Jeff. Em depoimento o ator afirmou que ficou impressionado com o roteiro e que se envolveu com a produção que tem como premissa ser condutor de uma mensagem de fé, amor e esperança.

“É uma situação de desespero, de impotência vivida por muitas famílias. Isso me tocou muito. Achei importante participar do filme pra falar sobre isso, sobre essas pessoas que chegam ao fundo do poço e que precisam de ajuda. Entrei para o filme especificamente por acreditar que ele traz uma mensagem importante, uma tentativa de esclarecimento, um alerta”, disse Blat.

Einat Falbel em Metanoia vive na pele de Solange. “Solange é o retrato de muitas mães brasileiras, mães que levam uma vida simples, suada, que quer fazer o correto, dar o que precisa ao filho para que tenham uma vida com valores e honestidade. E essa mãe luta, não desiste do filho, acredita e é a mãe uma espécie de fresta de luz”, comenta Einat que esteve na Cracolândia, em São Paulo, para gravar sua primeira cena do filme. “Aquilo é tão infernal, e parece que quanto mais perto da sombra, menos se acredita na vida. Mas o amor de mãe é incomensurável, capaz de mover mundos com sua força. E o objetivo do filme é ajudar essas pessoas, mães, filhos, e esperamos que realmente chame a atenção da sociedade para que olhemos para esses seres ditos invisíveis”, completou.

O elenco de Metanoia conta ainda com Lucas Hornos, que se tornou conhecido como o Caquinho da série Sai de Baixo, exibida pela TV Globo, além do programa infanto-juvenil Disney Cruj (SBT) e a série 9mm (Fox). O rapper e ator Thogun Teixeira que tem participações em mais de 30 filmes, como Tropa de Elite 2: Agora o Inimigo é Outro (2010). Sílvio Guindane, que vive Cadu no longa, estreou no cinema em Como Nascem os Anjos (1996), atuação que lhe rendeu o Kikito no festival de Gramado e um Candango no festival de Brasília. Além ​da atriz Solange Couto, ​que soma também diversos trabalhos em emissoras de TV, como a Globo e a Rede Record, onde recentemente esteve no elenco da novela Pecado Mortal (2013). Solange que em Metanoia é Clara, mãe de Cadu, ​ têm também trabalhos no cinema e teatro.

Sobre o filme – Metanoia teve como set de filmagem um dos mais conhecidos pontos de encontro de usuários de crack de São Paulo, a região localizada no centro da Capital paulista, batizada como “Cracolândia”. As gravações ocorreram entre novembro de 2012 e abril de 2013, na Rua Helvétia, no Centro de São Paulo, Jardim Ângela, Zona Sul, e Ibiúna, Interior paulista. Protagonizado por Caíque Oliveira, Eduardo é um jovem da periferia paulista que ao se envolver com as drogas se torna dependente químico. É a história de um filho perdido no submundo do crack e as desesperadas tentativas de sua mãe para salvá-lo. Para tirar o roteiro do filme do papel, os produtores arregaçaram as mangas e venderam até mesmo trufas de chocolate. DVDs e artigos da Cia. Nissi de Artes também serviram como meio para bancar o longa. A produção levou três anos para ficar pronta.

Filme premiado – Metanoia recebeu oito estatuetas das 12 categorias do 2º Festival Nacional de Cinema Cristão (FNCC) que aconteceu em novembro de 2014, no Rio de Janeiro: Melhor Filme, Melhor Roteiro (Miguel Nagle e Caique de Oliveira), Melhor Direção (Miguel Nagle), Melhor Direção de Arte (Josy Antunes, ex-aluna do curso Avançado de Direção de Arte), Melhor Fotografia (Gabriel Chiarastelli), Melhor atriz (Einat Falbel), melhor ator (Caique de Oliveira) e Melhor Montagem (Josy Antunes, Leonardo Oliveira e Paulo China).

Sobre a 4U Films – A 4UFilms é uma produtora de cinema independente formada por profissionais do setor de cinema e comunicação. Metanoia é o primeiro longa-metragem produzido pela 4U Films. Fundada em 2009 por Miguel Nagle, Luan Felipe e Douglas Gomes, a produtora com sede na baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, soma 16 curta-metragens. Entre eles “Dom Gratuito”, de 2010, que ficou entre os dez principais curtas da América Latina, no Concurso Caixas de Curtas e representou o Brasil em um dos mais importantes festivais de cinema do mundo, o Festival de Cinema Iberoamericano de Helva, na Espanha. Ao todo, a produtora soma mais de 358 mil visualizações em seu canal no Youtube.

Sobre a Companhia de Artes Nissi – Criada no ano 2000, por Caíque Oliveira, a Companhia de Artes Nissi, com sede em Campinas, no Estado paulista, ao longo de 14 anos de carreira produziu mais de dez peças com exibições nacionais e internacionais e já vendeu mais de 500 mil cópias de DVDs de seus espetáculos. Idealizador e produtor do filme Metanoia, Oliveira pela primeira vez interpreta um personagem para o cinema. Nascido no Jardim Ângela, periferia da Zona Sul da Capital paulista, Oliveira é ator desde os 14 anos. Escritor, diretor e protagonista de “Jardim do Inimigo”, uma das obras de  sua carreira de maior expressão, há mais de dez anos em cartaz, a peça já foi exibida em diversas cidades e estados brasileiros e também fora do Brasil.

Sobre a Europa Filmes – Em 25 anos de atividade, a Europa Filmes já distribuiu títulos nacionais e internacionais de sucesso de público e crítica. Entre as produções nacionais, Feitosa destaca Getúlio (2014), Faroeste Caboclo (2013) e Muita Calma Nessa Hora (2010). Além de títulos internacionais, como, Menina de Ouro (2004), Quem Quer Ser Um Milionário? (2008), O Paciente Inglês (1996), Traffic (2001).

 Trailer

 Depoimento Caio Blat

 Depoimento Thogun Teixeira

 

DEIXE UM COMENTÁRIO