Anna Helena Cazzani apresenta trabalhos inéditos em sua primeira individual

Com esculturas e desenhos, artista mostra linhas que ganham corpo e volume a partir de 16 de setembro, na Cândido Mendes

Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)
Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)

Com trabalhos que desafiam os limites entre o desenho e a escultura, a carioca Anna Helena Cazzani apresenta sua primeira exposição individual, [espaço] entre, de 16 de setembro a 30 de outubro, na Galeria de Arte Maria de Lourdes Mendes de Almeida, na Universidade Cândido Mendes, em Ipanema. A artista apresenta seis obras inéditas, sendo três delas esculturas de grandes dimensões, onde utiliza linhas que ganham corpo e volume para desenhar o espaço. O texto de apresentação é do crítico e professor Paulo Sergio Duarte.

Arquiteta de formação, Anna Helena explora ao máximo os materiais utilizados com o objetivo de potencializar suas características e possibilidades. “Gosto de mostrar o modo como o trabalho é feito. Em todos os momentos deixo evidente cada elemento, não somente na sua função estrutural, mas também na estética da obra”, diz a artista, que é representada pelo Escritório de Arte Gaby Indio da Costa.

Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)
Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)

Suas esculturas, feitas de borracha, aço inox e granito, são construídas diretamente no espaço, sem medidas pré-determinadas. Tudo é feito a partir da sensibilidade da artista, que utiliza a relação do próprio corpo com a linha. O resultado são obras com formas vazadas, leves e aeradas. “Costumo dizer que é uma geometria não exata. Ou seria uma geometria sensível?”, brinca Anna Helena.

“Essas esculturas, na vida contemporânea, merecem atenção. Exercitam uma simbiose do desenho com o espaço muito importante. Se pudéssemos desenhar no vazio, sem nenhum suporte, estes seriam os desenhos que se materializam exatos: as esculturas de Anna Helena Cazzani.”, completa Paulo Sergio Duarte em seu texto de abertura.

Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)
Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)

Os trabalhos têm dimensões que variam de acordo com o ambiente em que estão inseridos. “Quando mudamos de posição percebemos que as linhas formam planos que se distorcem, que se relacionam com o espaço, com a própria obra e com o corpo do espectador, que percebe, sente e presencia isso tudo”, explica.

Mais recentemente, Anna Helena sentiu necessidade de explorar o suporte tradicional do desenho e produziu a série feita com bastão oleoso sobre papel, também representada na mostra.  “Nos meus desenhos, as formas geométricas são percebidas como sólidos com massa, que tensionados geram uma noção de instabilidade, movimento e gravidade. Discuto desta forma questões da própria escultura”, diz Anna Helena.

Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)
Anna Helena Cazzani (foto: Juliana Rocha)

Sobre a artista – Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula, a carioca Anna Helena Cazzani entrou para a Escola de Artes Visuais do Parque Lage em 2008. Entre os vários cursos realizados, destacam-se os de João Carlos Goldberg e Iole de Freitas, que vêm acompanhando seu trabalho desde o início. A artista faz parte do grupo e estudos “Arte e Filosofia”, com o crítico Paulo Sergio Duarte.

Desde 2010, Anna Helena participa de diversas coletivas, entre elas Zona Oculta (CEDIM, RJ, 2010), Zona Oculta (SESC Nova Iguaçu, RJ, 2010), Tempo Tempo Tempo (EAV Parque Lage, RJ, 2010),COM + LUZ (EAV Parque Lage, RJ, 2010), + LUZ (EAV Parque Lage, RJ, 2012/2013), e Coletiva Escritório de Arte Gaby Indio da Costa (RJ, 2014).

SERVIÇO
Título da mostra: [espaço] entre
Abertura: 16 de setembro, às 19h
Período: 17 de setembro a 30 de outubro
Local: Galeria de Arte Maria de Lourdes Mendes de Almeida (Cândido Mendes)
Endereço: Rua Joana Angélica, 63, Ipanema.
Horário de visitação: De segunda a sexta-feira, das 14h às 20h. Sábado, das 16h às 20h
Telefone: 2525-1006
Entrada gratuita.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui