Alfabetizando com sucesso crianças autistas

Divulgação
Divulgação

Com o objetivo de ajudar pais e professores na educação de autistas, a Neuro Saber vai realizar uma aula gratuita com a psicopedagoga Dayse Serra. A especialista, que também é doutora em psicologia clínica, irá explicar sobre quais são os seis passos do processo de alfabetização de um aluno com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Todo o conteúdo será transmitido, no dia 13 de abril, pelo site http://entendendoautismo.com.br/.

Segundo a Dra. Dayse Serra, a alfabetização de uma criança com TEA começa no entendimento do funcionamento do pensamento do autista, como, por exemplo, suas alterações no que diz respeito a percepção de mundo, as sensações, os medos e seu desempenho linguístico. ”As tarefas com o autista precisam ser estruturadas e adaptadas às características específicas”.

Para a psicopedagoga, primeiramente, é primordial conhecer o nível de gravidade da criança em questão, já que ela pode apresentar transtornos adicionais. “Ou ainda uma gravidade maior. A partir disso será possível projetar um caminho e ver se será um pouco mais longo ou não”.

Outro ponto indispensável para ela é a avaliação psicopedagógica. Essa análise permitirá considerar os aspectos cognitivos, afetivos, psicomotores e sociais do paciente. Ela enfatiza que a importância de se avaliar essas questões é que todas elas, de alguma forma, vão interferir na aprendizagem e mais especificamente na alfabetização. “Vão funcionar como peças de um grande quebra-cabeça”.

Em seguida, a especialista diz que é necessário verificar se o aluno possui habilidades pré-acadêmicas, ou seja, se consegue suportar o ambiente de uma sala de aula. Por isso, deve-se levantar os seguintes pontos com seriedade: será que esse estudante possui habilidades para se concentrar? Ou conseguirá permanecer sentado por algum tempo?

– Com essas respostas podemos prosseguir, pois a etapa posterior se concentra no desenvolvimento da criança. Avaliamos as particularidades relacionadas com a habilidade da teoria da mente, já que a interpretação requer a compreensão do significado e a inferência. É preciso também estar atento no aperfeiçoamento da capacidade de análise e síntese, pois elas são importantes no processo de alfabetização – diz.

O quinto passo, segundo a doutora, é o momento em que a criança toma conhecimento dos elementos contidos em nossa língua como, por exemplo, rimas, fonemas, aliterações, ou repetições de sons de consoantes semelhantes. “Uma boa sugestão é trabalhar com a música, pois facilita o aprendizado”.

A última etapa é a ocasião na qual se inicia todo o processo de aquisição da leitura pela abordagem dos sons, explica a psicopedagoga. Essa fase tem outras divisões, pois apresenta cada fonema e com uma ordem previamente definida e cientificamente comprovada, com o acompanhamento do alfabetizador.

– Ainda assim há um percentual altíssimo de fracassos nessa área. E apesar da diversidade dos métodos, nem todos são adequados para uma criança ou jovem com TEA. É fundamental que o educador pesquise bem para entender o funcionamento do cérebro do autista. Apenas dessa forma será possível fazer as escolhas apropriadas para cada aluno e, assim, poder trilhar um caminho melhor para o aprendizado – reforça.

Sobre a especialista
Dayse Serra é Professora Adjunta da Universidade Federal Fluminense (UFF), Doutora em Psicologia Clínica (PUC-RIO), é Mestre em Educação Inclusiva (UERJ), Pesquisadora da Fundação de Amparo à Pesquisa do Ri de Janeiro (FAPERJ) e Membro da Associação Brasileira de Neurologia, Psiquiatria Infantil e Profissões afins (ABENEPI) e Psicopedagoga especializada em TEA.

Sobre a Neuro Saber
O projeto nasceu da necessidade de auxiliar familiares, professores, psicólogos, fonoaudiólogos, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais, médicos e demais interessados na compreensão sobre transtornos de aprendizagem e comportamento. A iniciativa tem como objetivo compartilhar informações valiosas para impactar as áreas da saúde e educação, além de unir especialistas do Brasil e do exterior. 

Serviço:
Os seis passos do processo de alfabetização no TEA
Palestrante: psicopedagoga Dra. Dayse Serra.
Site: http://entendendoautismo.com.br/

DEIXE UM COMENTÁRIO