Abertas as inscrições para o Prêmio Empreendedor Cultural

Sopro (foto: Rodrigo Ricordi)
Sopro (foto: Rodrigo Ricordi)

O Prêmio Empreendedor Cultural, patrocinado pela AES Sul, busca estimular produtores que fazem a diferença em suas comunidades. Na terceira edição serão destinados 200 mil reais para projetos culturais de quaisquer segmentos ou linguagens artísticas. Os projetos deverão ser realizados por produtores em quaisquer dos 118 municípios da área de abrangência da AES Sul. As inscrições serão feitas pelo site www.empreendedorcultural.com.br, até o dia 21 de outubro. Para participar é preciso ser produtor pessoa jurídica com fins lucrativos, habilitado no Sistema Pró-Cultura RS e estar sediado na área de abrangência do prêmio. O projeto não precisa estar inscrito na LIC RS.

A seleção e a premiação acontecem em duas fases. Na primeira, os projetos serão analisados por uma comissão curadora, integrada por pessoas de notório saber e reconhecimento. Serão indicados 20 finalistas, que farão parte de uma imersão de três dias na Residência Sociocriativa, orientados pelo curador geral do projeto André Martinez (http://www.andremartinez.info), em Santa Maria (período de estudo e pesquisa colaborativa para aperfeiçoar os projetos, buscando expandir sua efetividade). Na segunda fase os trabalhos finalistas serão reapresentados e os ganhadores serão selecionados pelo comitê de premiação, composto pelo curador geral, empresa patrocinadora e profissionais da Cida Cultural, realizadora do projeto.

No dia 15 de setembro, às 18h30, o curador do projeto, André Martinez, participará de um bate papo online ao vivo para esclarecer dúvidas dos empreendedores (acesse https://youtu.be/bmc7HmtLGtc). O Prêmio também oferecerá capacitação para quem deseja criar projetos inovadores. Uma edição especial do curso “Inovação em Projetos 2.0” acontece em Santa Cruz do Sul, entre os dias 29 de setembro a 01 de outubro no Espaço Camarim.

Mantendo seu caráter cultural, os projetos precisam lidar de forma inovadora com um ou mais dos temas #BomPraHackear #FazGenteBrilhar #GeraOportunidades #MultiplicaaEnergia #LigaOsNós #CuidaDaVida. Saiba mais sobre cada #hashtag que pode ser aplicada nos projetos que serão inscritos:

#BomPraHackear

Um projeto é BOM PARA “HACKEAR” quando consiste em uma ótima ideia. Quando tem algo de muito especial que inspira e inquieta outros empreendedores. Um jeito de fazer simples, inovador, de baixo custo e alta efetividade que possa ser descoberto, aprendido, modificado e reaplicado por transformadores de outras realidades. Assim a sua inovação se renova e beneficia muito mais gente além do seu projeto!

#FazGenteBrilhar
Um projeto FAZ GENTE BRILHAR quando oferece às pessoas da região oportunidades de acesso, como expectadores, aprendizes ou protagonistas, a linguagens e repertórios artísticos e culturais. Ou quando valoriza a identidade e a memória locais, inclusive assegurando a grupos excluídos e minoritários o direito de se expressarem plenamente conforme suas próprias escolhas. Pense com carinho nos seus públicos, que diferença seu projeto faz na vida deles?

#GeraOportunidades
Um projeto GERA OPORTUNIDADES quando movimenta recursos físicos, financeiros, intelectuais e tecnológicos de um jeito que beneficia a comunidade. Pode ser gerando oportunidades de trabalho para pessoas e empresas da localidade. Usando moedas criativas e recursos compartilhados talvez. Pode ser ensinando profissionais e artistas. Ou aumentando a disponibilidade de espaços e equipamentos culturais na cidade. Quem sabe inventando aquela gambiarra que permite fazer coisas lindas com pouco dinheiro.  Procure ter em mente a diferença que o seu pequeno projeto faz para a sua aldeia.

#MultiplicaaEnergia
Um projeto MULTIPLICA A ENERGIA quando funciona como um agregador de esforços, um gerador de sinergia, consciente de que a união das partes é bem mais que a simples soma delas. Pense nas parcerias que precisa ou pode criar, fazendo com que seu empreendimento dialogue com o poder público, com governanças locais, movimentos sociais, com outros empreendedores da região. Cada aliança é uma oportunidade para semear uma cultura de cooperação capaz de promover consensos, pactos e desafios comuns, racionalizando o uso de recursos e multiplicando os benefícios culturais, sociais, econômicos e ambientais. Quem abraça essa ideia incrível que você está querendo transformar em realidade?

#LigaOsNós
Seu projeto LIGA OS NÓS quando conecta o seu trabalho com o de outros empreendedores, tecendo ou articulando-se em redes de conhecimento e colaboração. Nas redes de conhecimento há intercâmbio de informações, conhecimentos e experiências entre pessoas envolvidas com temas parecidos ou complementares aos que você trabalha ou pesquisa. Cada ponto da rede é um nó ligado a outros nós, e geralmente essa troca ocorre por meio da Internet. As redes de conhecimento também podem ser redes de colaboração, arranjos territoriais ou virtuais onde os nós compartilham recursos, infraestrutura e serviços, entre outros aspectos, e conciliam objetivos particulares com objetivos coletivos.

#CuidaDaVida
Um empreendimento CUIDA DA VIDA quando compreende que o cuidado com o meio ambiente começa no cuidado com as pessoas e com a forma como elas se relacionam. Quando o diálogo é uma prática constante usada para transformar conflitos em sabedoria e em convivência. Quando o respeito ao meio ambiente e à diversidade cultural são valores presentes em cada detalhe na forma como o projeto é concebido. Pense no ecossistema, pense em diferenças, pense em praticar, pense em educar, há infinitas formas de cuidar da vida, qual é a sua?

 

DEIXE UM COMENTÁRIO