A peça “A hora do poço ou a boca do céu” fará apresentações na Arena Jovelina Pérola Negra

Escrita e dirigida por Fabiano Boechat, sob a supervisão de Karen Acioly, a montagem “A hora do poço ou a boca do céu” mostra o planeta totalmente devastado pelas mudanças climáticas e a readaptação dos seres humanos que sobreviveram. As apresentações na Arena Jovelina Pérola Negra acontecerão em dois horários, às 10h, e, às 14h, nos dias 12 e 13/08. As entradas são gratuitas e a classificação é livre.

O espetáculo, que recebeu quatro indicações ao Prêmio Zilka Salaberry de teatro infantil nas categorias melhor ator, melhor cenário, melhor iluminação e melhor produção, se passa num lugar onde oceanos e rios estão secos e não existem continentes ou países. Os poucos seres humanos que sobreviveram, reorganizaram-se socialmente em vilas ao redor de pequenos poços. Na peça, Rapazinho e Marina, adolescentes que inconformados com a realidade, percorrem as terras secas para encontrar água e a criatividade será a maior arma nessa busca.

Ficha técnica:
Fabiano Boechat – texto e direção
Alexandre Varella – codireção
Karen Acioly – supervisão de direção
Thiago Magalhães, Camila Costa, Fabiano Nunes e Tati Pascuali – atores
Andre Aquino – direção musical

Serviço:
“A hora do poço ou a boca do céu”
Dia: 12 e 13/08, às 10h, e, às 14h
Local: Arena Jovelina Pérola Negra
Endereço: Praça Ênio, s/n, Pavuna.
Tel.: (21) 2886-3889
Entrada gratuita
Classificação livre
A Arena possui acesso para deficientes físicos e estacionamento gratuito.

DEIXE UM COMENTÁRIO