A natureza aguarda cores

Com proposta antiestresse e espiritual, o livro para colorir Jardim do Éden é pioneiro no segmento evangélico

Jardim do Éden não é mais um livro para colorir. Lançamento de junho da Thomas Nelson Brasil, para além da proposta terapêutica já presente em livros de pintar publicados recentemente, a obra incentiva reflexões nas pessoas na medida em que elas colorem cenários bíblicos do surgimento dos primeiros seres vivos a situações vivenciadas por Adão e Eva no paraíso – de acordo com Gênesis, primeiro livro da Bíblia.

A obra se diferencia por incentivar reflexões a partir dos versículos impressos em cada página e que narram a história desenhada pelo ilustrador Paulo Debs. Em Jardim do Éden, a riqueza de detalhes caprichada é componente importante para aliviar a correria e proporcionar ao pintor um encontro com Deus.

Paulo Debs, que além de ilustrador, é autor de mais de 50 livros infantis, recebeu o desafio de se afastar por um momento dos projetos para as crianças e fazer desenhos destinados ao público adulto. “O grande desafio era fazer um cenário bem equilibrado, harmônico e que tivesse bastantes detalhes para cumprir o papel de desestressar”, conta o ilustrador, que foi amparado por seu conhecimento bíblico.

Jardim do Éden se diferencia porque propõe uma experiência de refúgio do agito e conexão com o próprio interior, auxiliando na percepção dos detalhes da natureza real que cerca o homem, independentemente se vive em metrópole ou no interior.

O livro ainda é acompanhado por um pacote de 12 lápis de cor personalizados com desenhos de animais.

Caso tenha interesse em receber capa em alta resolução e agendar entrevistas com o ilustrador Paulo Debs, com Omar de Souza, publisher da Thomas Nelson Brasil, ou com Samuel Coto, editor de aquisições, entre em contato por meio do e-mail imprensa@liliancomunica.com.br ou do número (11) 2275-6787

Ficha Técnica:

Editora Thomas Nelson Brasil
ISBN: 9788578607500
Páginas: 84
Formato: 25×25 cm
Preço: R$ 26,90

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui