Exposição em Santa Teresa reúne 20 obras inéditas obtidas a partir da mistura e queima de carvão e fogos de artifício

“Ignição”, quarta individual do artista plástico carioca Dado Oliveira, traz desenhos sobre papel e  madeira a partir de processos variados da combustão

Dado com Terroristas Bossa Nova (foto: Leandro Tumenas)
Dado com Terroristas Bossa Nova (foto: Leandro Tumenas)

A partir do dia 03 de março, quinta-feira, o bairro de Santa Teresa receberá a exposição IGNIÇÃO, individual do artista plástico e músico Dado Oliveira, reunindo 20 trabalhos inéditos. Até o dia 3 de abril, o público poderá conferir, na Galeria Ateliê, desenhos em carvão e obras obtidas a partir da queima de artefatos pirotécnicos e pavio, em grandes telas de compensado naval. Tirando partido de algumas propriedades físicas da pólvora, como a velocidade e o calor, Dado transporta essas propriedades para o movimento do corpo e aplica uma concentração de energia no seu contato com a superfície. Em alguns momentos utiliza da própria queima para compor manchas nas telas. O resultado é uma grafia expressiva, de desenhos vigorosos, rápidos, com linhas fortes, levando ao espectador a sensação de energia e êxtase presentes no seu processo de criação.



”Desejo reagir, a todo instante, aos estímulos inesgotáveis. Se eu não explodir pelo menos uma vez entre as sequências de serenidade, será tão tedioso quanto não ser por vezes sereno entre sequências de explosões. Pra mim basta quebrar, partir, sair do lugar. Desejo a energia transferida pela aplicação de uma força ao longo de um deslocamento, numa iniciativa de trabalho ofegante, física. Desejo o êxtase da ignição.”

Os estudos começaram tarde, há oito anos, para o artista de 38 anos. Antes de chegar á pirotecnia, os desenhos com carvão em grandes formatos já lhe interessavam, por exigirem movimentos corporais maiores, mais alongados e soltos. Do aumento dessa atividade corporal para realizar os desenhos, com a devida concentração prévia e a seguida aplicação imediata, quase instantânea, surgiu a idéia do manuseio da pólvora, material que reage com as características de rapidez e liberando grande quantidade de calor.  Junto a isso, as notícias sobre os bombardeios na Síria, ataques terroristas e guerras civis – incluindo os confrontos bélicos cariocas entre policiais, traficantes – o influenciaram decisivamente, levando-o à pesquisa sobre armas, tecnologia, química, física e…pólvora.

“Querendo ou não, absorvi. Identifiquei esse contágio e me neguei a ser complacente. Precisei ficar atento pra saber o que fazer com aquele sentimento cancerígeno. Então pensei: vou fazer com o ódio o que o Instituto Butantan faz com o veneno das cobras. Ou seja, transformar algo que pode ser letal em um antídoto”.

SERVIÇO:
03/03, quinta-feira – Dado Oliveira inaugura individual “IGNIÇÃO” na Galeria Ateliê
Abertura: 19h
Endereço: Rua Almirante Alexandrino, 2185, Santa Teresa – Rio de Janeiro
Horário e dias de visitação: Sextas, Sábados e Domingos, das 16h às 21h,  até o dia 3 de abril
Telefone: 21 2239-2262 ou 21 98756-1292
Entrada  gratuita

DEIXE UM COMENTÁRIO