1ª edição de ‘Cem Anos de Solidão’ some em Feira do Livro

Livro pertencia a colecionador particular

Um exemplar da primeira edição do livro “Cem Anos de Solidão”, de Gabriel García Márquez, foi roubada na Feira do Livro, que ocorre em Bogotá, na Colômbia. O relato do sumiço da peça foi feito pelo próprio dono da raridade, Alvaro Castillo, e confirmado pelas autoridades neste domingo (03).

O exemplar roubado faz parte do primeiro lote de “Cem Anos de Solidão”, da editora Sul-Americana, lançado em 1967, que teve apenas oito mil impressões comercializadas.

Ele estava exposto no pavilhão de Macondo, convidado de honra da 28ª edição da feira e tinha uma vigilância especial por câmeras.

O especialista ressaltou que quem levou a cópia sabia de seu valor, mas dificilmente conseguirá vendê-la, já que há um mandado policial pela peça.

Castillo é considerado o maior colecionador de obras de literatura da Colômbia. Tanto amor aos livros rendeu a ele uma dedicatória escrita pelo próprio García Márquez na primeira página.

(ANSA)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui